segunda-feira, 27 de maio de 2013

Uma chance ao amor..


 

Uma chance ao amor...

by Maraína

Por que te esquivas de mim,
Por que me tratas assim,
Tão distante, indiferente?
O que fizeram contigo
Que te abalou, caro amigo,
Que te tornou tão ausente?

Foram mulheres malvadas
Que em passadas madrugadas
A ti deixaram tão só?...
Seriam falsos amores
Que te negaram favores,
Castigando-te sem dó?

Se cansaste de sofrer,
Vem provar meu bem-querer,
Aliviar os teus ais...
Vem saborear meus beijos,
Vou saciar-te desejos,
Te fazer feliz demais...

Vem, querido, vem aqui,
Deixa-me cuidar de ti
E adorar-te com fervor...
Nem tudo serão espinhos
Nas curvas dos teus caminhos:
Dá uma chance ao amor!...




by Maraína