domingo, 1 de fevereiro de 2015

QUANDO SE AMA





Quando se ama de verdade,
A felicidade chega e simples
Arranja um jeito meigo
De se alojar em nosso
Coração para poder fazer
Nossos olhos brilharem de emoção.
Mas quando se tem um
Amor lindo e verdadeiro,
Ele nunca irá invadir
A nossa vida ele simplesmente
Irá fazer um lugar em
Nosso coração para morar.
E como o peixe é fisgado
Assim o meu coração
Foi fisgado por você.
Agora eu fico a imaginar
Este teu olhar a me observar,
Seguindo-me a cada passo
Que dou nesta vida a procura
De um algo em mim
Que se encontra dentro
Do meu coração a tua espera.
E agora aqui neste instante
Quando me encontro sozinho
Fico a imaginar o reflexo do tempo
Junto a este vento suave
Que me trouxe o perfume
Da saudade que eu sinto por você.
E fico sempre imaginando
Se o tempo voltasse atrás
Queria ter você novamente
Nos meus braços meu amor.


Comendador Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –
Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)