domingo, 22 de abril de 2012

LOUCO DE AMOR









LOUCO DE AMOR!

Por amor, faz-se de tudo
E se a amada merece, a gente até esquece
E faz sempre mais um pouco!

Seja como for...Por amor
Procuramos por um sol prateado
A lua, colorimos de amarelo-vermelho
Cantamos para ela sonhos em estrelas
Construímos um paraíso inteiro
Só para ver, o nosso amor passar!

Por amor, escrevemos o nome dela
Mil vezes na areia
Ficamos parados frente ao espelho
Buscando lá de dentro de nós
O reflexo da imagem mais bela!

E mesmo que nos chamem de louco
Não ligamos nem um pouco
Ficamos quase afônicos, roucos
De tanto gritar te amo
Do alto de alguma janela

Para que fique bem certo, bem claro
Que por amor, fazemos de tudo um pouco
Mesmo que ainda, não estejamos loucos
A não ser...Por amor!




Poema de PCoelho
Imagem by Livita














QUERIA SER











QUERIA SER


AMANHECER: Para fazer um dia a mais de felicidade na Terra.

AMOR: Para unir as pessoas e lhes dizer que sou apenas uma delas!


CANTO: Para alegrar os que vivem na tristeza.


CHUVA: Para correr toda a terra e molhar os campos devastados e secos.


DOR: Para amargar no peito dos infiéis.


FLOR: Para enfeitar os jardins no outono.


FORÇA: Para fugir dos que a utilizam para o mal.


GRITO: Para gritar a dor dos que sofrem em silêncio.


LÁGRIMA: Para fazer chorar os corações insensíveis.


LUAR: Para brilhar na noite dos amores incompreendidos.


LUZ: Para iluminar os que vivem na escuridão.


NOITE: Para acalentar os que lutam durante o dia.


OLHOS: Para fazer enxergar os cegos de verdade.


SILÊNCIO: Para fazer calar as vozes que atordoam o coração do homem.


SINO: Para repicar nos Natais dos que possuem recordações amargas.


SOL: Para fazer brilhar os que não têm lua.


SONHO: Para colorir o sono dos realistas petrificados.


SORRISO: Para encantar os lábios dos amargurados.


VIDA: Para fazer nascer os que estão morrendo.


VEÍCULO: Para trazer de volta os que partiram deixando saudades.


VOZ: Para fazer falar os que sempre se calaram.