segunda-feira, 18 de agosto de 2014

O BEIJO


 


 


 



O BEIJO...













O beijo é a mais sutil de todas as carícias...
Nele se provam todas as delícias:
As de melhor sabor!

Se não foste sequer à distância beijada,
Se não beijaste nunca - embora muito amada,
O que sabes do amor?

- É no beijo que o amor, todo ele, se resume,
E o amor sem um beijo é uma flor sem perfume!


AUTOR DESCONHECIDO


BLOG - As imagens mais lindas que já vi
       MORENA FLOR

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Quando






Quando sentir sua ferida sangrar,
Quando sentir sua voz soluçar,
Conte comigo, você sabe
que pode contar comigo.
Não até dois
Ou até dez,
Mas contar comigo sempre.
Se alguma vez perceber
Que ao olhar nos meus olhos,
Não reconhece o meu amor,
Não duvide dele,
Lembre-se de que sempre
Pode contar comigo.
Se outras vezes
me encontrar impaciente,
Sem motivo,
Não pense que diminuiu o meu amor,
Ainda assim, pode contar comigo.
Mas façamos um trato,
Também quero contar com você.
É tão lindo saber que você existe,
E quando digo isso,
é porque nos fazemos bem
é porque quero dizer contar contigo também.

Mario Benedetti - Uruguai (1920-2009)

VALE SEMPRE A PENA QUANDO A ALMA NÃO É PEQUENA






O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.
O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o aqui e agora!!
Claro que a vida prega peças.
É lógico que, por vezes, o bolo sola, o pneu fura, chove demais.
Mas… Pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?
Tem sentido ficar irritado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
As vezes se espera demais das pessoas.
Normal.
A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou.
Normal.
Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade, que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê?
Tudo isso faz parte da vida.
Desejo que saibamos transformar tudo em uma boa experiência!
Que todos consigamos perdoar o desconhecido mal educado.
Entender o amigo que não merece nossa melhor parte.
Se ele decepcionou, passa pra categoria 3, a dos amigos até a página 8.Ou muda de classe, vira colega.
O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento.
Mas lembre-se: cuidado com seus desejos, eles podem se tornar realidade.
Chorar de dor, de solidão, de tristeza faz parte do ser humano.
Não adianta lutar contra isso.
Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes.
Somos fracos, mas podemos melhorar.
Somos egoístas, mas podemos entender o outro.
Devemos fazer o bem, sem olhar a quem.
E o mais importante: devemos olhar tudo ao nosso redor e entender que realmente VALEU A PENA.”

Carlos Drummond de Andrade.

O que sinto por você...





Não sei nem mais dizer

O que sinto por você...

Se é amor... Se é amizade... Se é paixão...

Mas suspeito fortemente

Que seja tudo isso junto!

Augusto Branco

EU





EU

Sim,

sim essa sou eu

caminhando sem hora, sem tempo

sem nada marcado.

Livre, livre pra viver meus momentos

nada me acorrenta,

o meu destino segue sem tropeços.

Tudo na vida consegui

tive tudo da vida.

E agora quero poder repartir essa parte boa da minha vida com todos,

os meus desapegos

os meus momentos insanos, loucos

que se transformaram em momentos de êxtase.

Flutuei pelo mundo

buscando um olhar,

era o olhar da minha alma,

aí me calei.

E, vou seguir feliz

essa foi minha vida

e vou...

Enfim comigo me encontrei.



Jane Antunes

SAUDADE






Saudade
Gustavo Teixeira


Quando colhi o beijo longo e doce,
O seu primeiro beijo de menina,
A minha alma, num êxtase, ajoelhou-se,
Transfigurou-se, envolta em luz divina!

Tão Linda! A mão, como se um lírio fosse,
Após o adeus, de longe, alva e franzina,
Desfolhava-se em beijos... E acabou-se
Tudo entre prantos! Era minha sina.

Na luminosa quadra dos amores,
De seio em seio andei colhendo flores,
Mas ninguém como aquela foi querida!

Do fundo da saudade ela me acena!
O amor por essa que era tão pequena
Foi o maior amor de toda a minha vida!









Paixão Ardente

 




Paixão Ardente



Oriza Martins




Esta chama voraz que arde em meu peito
Me atordoa, me embala, me agita no leito,
Em pseudos e doces espasmos de dor...
É dor saborosa, que leva à loucura,
Que acalma, aquece, entorpece, tortura,
Insolentes e castos eflúvios de amor...

Que são estas ondas tão incoerentes,
De sons e de cores, fortes, envolventes,
De tantos sabores paradoxais?
Serão os sentidos que estão me enganando,
Ou apenas os sonhos que vão me embalando,
Em meus dias maduros... tristes... outonais?

Confesso...
... é o grito, o brado, o clamor, a explosão,
Louco sentimento mesclado em paixão,
Que sinto por ti e é tão delirante...
Que só se acalma quando adormeço
E do mundo, da vida, das dores esqueço,
No pouso encantado de teu peito amante...