terça-feira, 6 de março de 2012

LINHAS DO DESTINO



Linhas do Destino

Às vezes acho que a vida não tem graça,
Que tudo é requentado e só mudam os rostos e gostos.
Mas quando conheço pessoas como você ...

(inspiração)

Bem no fundo ...
Somos anjos alados,
Saltando entre linhas do destino,
Alterando o equilíbrio e redefinindo a razão.

Diante de nós,
Tal qual um castelo de cartas,
Cai toda a lógica da vida.

Curvamos linhas que ficariam retas,
Juntamos outras que seriam separadas,
Terminamos algumas que continuariam.

Somos Deuses do imprevisível,
Criadores de novos e desconhecidos futuros,
Eterna fonte das emoções.

(Alberto Leal - 26 novembro 2004)