segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Quando






Quando sentir sua ferida sangrar,
Quando sentir sua voz soluçar,
Conte comigo, você sabe
que pode contar comigo.
Não até dois
Ou até dez,
Mas contar comigo sempre.
Se alguma vez perceber
Que ao olhar nos meus olhos,
Não reconhece o meu amor,
Não duvide dele,
Lembre-se de que sempre
Pode contar comigo.
Se outras vezes
me encontrar impaciente,
Sem motivo,
Não pense que diminuiu o meu amor,
Ainda assim, pode contar comigo.
Mas façamos um trato,
Também quero contar com você.
É tão lindo saber que você existe,
E quando digo isso,
é porque nos fazemos bem
é porque quero dizer contar contigo também.

Mario Benedetti - Uruguai (1920-2009)